terça-feira, 10 de março de 2009

Minhas singelas desculpas

Ao meu caro leitor, você mesmo com quem divido minha vida, meu caminho, questionamentos existenciais, e tudo que norteia a vida concreta. Poderia dar muitas justificativas, mais antes de toda essa papagaise, peço desculpas por não ter postado nada neste período. Tem sido um tempo intenso, cheio, não posso dizer que estou sem tempo para escrever, pois meu dia tem as mesmas 24h do seu dia, e você esta arrumado o seu precioso tempo para ler o que estou escrevendo aqui. Deixei meu emprego, minha casa, meus parentes e amigos, há quem diga que esse é um motivo justo, mais para não ser ingrata prefiro me referir a você meu pedido de perdão. Pena que não posso dizer vou voltar a escrever com a frequência de antes, pois agora, eu to morando no RJ, meu filho, e meu marido, por eles vale até parar de respirar-escrever... Não acho que seja preciso para de escrever, mais sei que os dois são escolhas mais urgentes para esse momento, fraldas, banhos, natação, papa, risos, e soluços. Um bom banco pra sentar e descansar agente sempre retorna quando gosta, aqui quero sempre estar, escrever, poetizar, viver antecede a tudo!!! com sua licença vou Viver.

2 comentários:

Cintia disse...

Desculpas aceitas...tem toda licença para viver com mta alegria essa nova etapa... e com mto carinho, eu uma acompanhante do seu blog, desejo que na companhia de Jesus, Maria e José, seja uma benção essa sua nova missão!!!
Bjos sua madrinha Cíntia

Cynthia L. disse...

Desculpas aceitas e Bem vinda ao mundo real!!!!

Já que está no RJ o q precisar é só gritar
bjs

 
Pesquisa personalizada