segunda-feira, 2 de julho de 2007

O que verdadeiramente nos doi


“Eu vou esqueçer de tudo. As dores do mundo...” (Jota Quest)


Assim diz a canção, que me faz pensar! Primeiramente penso que quer dizer SINTOMA?

Reflita por alguns instantes...

STOP, o tempo acabou! Pensou, então no dicionário ela quer dizer: “Sinal, indício de algo que está acontecendo, ou que vai acontecer”. Por vezes ficamos querendo calar essas vozes no nosso corpo, não é? Temos uma dor de cabeça à primeira coisa que pensamos fazer e tomar logo, e rápido um remédio. Talvez antes do comprimido da felicidade pudéssemos antes, nos perguntar do que meu corpo está reclamando, o que essa dor tem a me dizer?
Nessa correria da vida, talvez seja difícil parar pra escutar nossas dores, mas talvez seja a resposta pra que elas não se multipliquem cada vez mais, na ânsia de nos avisar que algo na nossa vida não está indo bem.
Medíocre de nos seres humanos que nos dividimos entre corpo, mente, alma, etc. Vamos ficando partidos, ser humano dessecado, homem morte, sem vida. Nossa que semelhança incrível com sociedade atual.
Talvez questionar nossas dores seja uma das saídas para curá-las!

Um comentário:

Gabriel disse...

"Querer sentir dor não é uma loucura... fugir da dor é fugir da própria cura!" (Titãs)

eis a frase que escrevi em meu diário há alguns dias... vc disse tudo!! rs...

bjao p vc!!

 
Pesquisa personalizada